Imagem: Prefeitura de Mandirituba

Imagem: Prefeitura de Mandirituba

O município de Mandirituba, na região metropolitana de Curitiba, contará novamente, a partir de hoje (18), com uma unidade do Armazém da Família. O novo armazém, que funcionará a partir das 10h30, decorre de convênio entre as prefeituras de Mandirituba e de Curitiba, conforme programa mantido pela Secretaria Municipal de Abastecimento (Smab).

Fechada desde o final do ano passado pela falta de renovação do convênio com Curitiba, a unidade será reaberta agora em um prédio próprio do município vizinho. De acordo com o prefeito da cidade, Onildo Gelatti, cerca de 2 mil famílias já estão cadastradas e deverão ser atendidas pelo programa, inicialmente.

Para abrigar o Armazém, foi construído um prédio de 350 metros quadrados de área no Terminal Rodoviário de Mandiritiba. O local foi escolhido para facilitar a locomoção dos usuários. “Em nossa região há muitas carências e antes as famílias tinham muitos gastos com táxi para transportar suas compras”, afirma o prefeito. Ele acredita que a reabertura do Armazém será uma oportunidade para melhorar o padrão de compras das famílias cadastradas e irá promover a economia familiar. “É um programa muito bem elaborado, não é assistencialista, e vai dar a oportunidade de melhoria das condições de vida da população que mais precisa da ação do poder público”, afirma Gelatti.

A Prefeitura da capital mantém atualmente convênios com outros seis municípios da região metropolitana de Curitiba: Campo Magro – hoje o único que utiliza a estrutura de armazéns da capital –, Agudos do Sul, Bocaiúva do Sul, Campina Grande, Cerro Azul e Fazenda Rio Grande, todos já com unidades próprias. Esses convênios beneficiam mais de 100 mil pessoas em toda a Região Metropolitana.

“O Armazém da Família é um programa social. Há uma disposição desta gestão de promover uma política pública conjunta, que atenda também a população de baixa renda de municípios vizinhos, sempre que possível”, destaca o secretário municipal de Abastecimento, Aldo Fernando Klein Nunes.

Fonte: Prefeitura de Curitiba