As duas unidades móveis contratadas pela Prefeitura de Curitiba para as cirurgias de castração atendem, neste mês de setembro, os animais das regionais Cajuru e Pinheirinho. Segundo as estimativas da Rede de Proteção Animal, mais de 1.400 cães e gatos devem passar pelo processo, que inclui a identificação por microchip.

Nesta semana, de segunda (4/6) até quarta-feira (6/6), o castramóvel da área Norte estará no Parque dos Peladeiros (Rua Rivadavia Fonseca de Macedo, 510, Cajuru). Após o feriado do Dia da Independência, no dia 11, o veículo segue para a Rua da Cidadania Cajuru (Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2150).

O veículo responsável pelos atendimentos da área Sul inicia as cirurgias no dia 18 de setembro, uma segunda-feira, na Faculdade Sociesc (Rodovia Régis Bittencourt – Km 106,5, Pinheirinho).

Portão e Tatuquara

Em outubro, segundo a programação da Rede de Proteção Animal, começam os atendimentos nas regionais Portão e Tatuquara. “Até o fim deste ano, pretendemos atender os animais já inscritos nas dez regionais da cidade”, conta a chefe da Rede, a veterinária Vivien Midori Morikawa.

Os recursos utilizados para a concretização do programa são provenientes do Fundo Municipal do Meio Ambiente. São R$ 2,5 milhões aplicados nas cirurgias, na microchipagem para identificação dos animais e em trabalhos de educação para a guarda responsável.

Cada ação da Rede de Proteção é acompanhada por profissionais que fazem a orientação dos responsáveis sobre a importância das cirurgias.

Inscrições continuam

Moradores e protetores de animais ainda podem cadastrar cães e gatos para participação no programa. Regionais já atendidas pelas unidades móveis devem ter vagas abertas nas clínicas veterinárias (em fase de cadastramento) e em novas rodadas dos castramóveis pela cidade. Abaixo o passo a passo da inscrição:

1 – Acesse o o link Cadastre seu Animal no site da Rede de Proteção;

2 – Informe o CPF para iniciar o cadastro;

3 – Preencha corretamente seus dados e os dos animais;

4 – Informe o programa social ou ONG do qual faz parte: Armazém da Família; Bolsa Família; ONG de Proteção Animal ou protetor independente (mediante cadastro prévio);

5 – Clique em adicionar o animal e em seguida, vá até o fim da página, clique em Salvar e anote o protocolo gerado (cada animal inscrito terá um número de protocolo);

6 – Compareça à Rua da Cidadania da sua Regional para validação do benefício, apresente RG, CPF, o número de protocolo gerado e comprovante do benefício; exceto protetores e ONGs;

7 – O agendamento do procedimento será feito pela Rede de Proteção Animal por contato telefônico.

Fonte: Prefeitura de Curitiba