Separar corretamente o lixo é uma questão de cuidado com o meio ambiente. Mas em Araucária, também é uma questão social. Todos os dias cerca de 30 pessoas trabalham na Associação de Catadores Reciclar Araucária separando o material recolhido pelo caminhão da coleta seletiva. Um trabalho difícil, mas que pode ficar mais fácil com a ajuda dos moradores do município.

A separação correta dos quatro grupos de materiais recicláveis (Papel/Plástico/Metal/Vidro) auxilia no processo de reciclagem e também proporciona um aumento na renda das famílias que trabalham na Associação Reciclar. Ao não misturar os materiais recicláveis com resíduos orgânicos, se acelera o processo de separação dos resíduos recolhidos e aumenta a quantidade de materiais reaproveitados.

Outro ponto de importância e exaltado por Geane Borges, que faz parte da Reciclar, é a forma como o lixo é colocado para ser recolhido. “A gente pede para colocar no saco azul e também para não misturar o material reciclável com restos de comida, com fralda, papel higiênico, para que possamos separar tudo da maneira correta”, afirmou Geane, que também enfatizou a importância do material ser recolhido diretamente pelo caminhão da coleta seletiva. “É importante separar o material e entregar para o caminhão da seleta coletiva e não para terceiros, que apenas aproveitam o material reciclável e se desfazem do resto, sujando a cidade. Aqui tudo é reciclado e o resto é mandado direto para o aterro sanitário”, salientou.

A participação da população de Araucária se mostra importante também nos números. Antigamente, a Associação Reciclar contava com o trabalho de cerca de 60 famílias que dependiam da renda da reciclagem. Atualmente, com a diminuição da quantidade de material coletado, apenas metade das famílias ainda trabalha na Associação. “Antes chegavam 6 ou 7 caminhões cheios de material. Hoje vem no máximo 3 e normalmente não chegam cheios”, lamentou Geane.

Com cerca de 100 toneladas de material reciclado por mês, Araucária tem potencial para reciclar até o triplo do que recicla atualmente. Em Araucária, a coleta seletiva é feita duas vezes por semana na região central e uma vez nos bairros. CLIQUE AQUI e confira os dias da coleta seletiva na área urbana.

Além de ajudar as famílias da Associação Reciclar, a separação do lixo também evita problemas como proliferação de animais que podem transmitir doenças, enchentes e ainda aumenta a vida útil dos aterros sanitários.

Faça sua parte e mostre que Araucária se importa com as pessoas e com o meio ambiente.

Fonte: Prefeitura de Araucária