Presos do regime semi-aberto, que cumprem pena na penitenciária de Piraquara, vão receber treinamento e trabalhar dentro do complexo penal. Uma empresa alemã de limpeza de ar e ambiente vai trazer técnicos ao Estado, que vão ajudar os presos no começo do trabalho.

Cada detento vai receber um salário mínimo por mês e vai ter a pena reduzida em 1 dia, para cada 3 dias trabalhados. A empresa também participou do financiamento da reforma da creche do presídio, que abriga 40 filhos de presas. A inauguração da nova creche será nesta sexta-feira (1º).

Fonte: Band News FM Curitiba