O aeroporto de Paranavaí, no noroeste do Paraná, funcionava como um porto seguro para a quadrilha de contrabandistas que foi desarticulada nesta quinta-feira (16) pela Polícia Federal. A constatação é do delegado Alexander Noronha Dias, responsável pela Operação Celene.

Clique aqui para ler a matéria completa
Fonte: G1