Foto: Divulgação/Prefeitura de Curitiba

Foto: Divulgação/Prefeitura de Curitiba

A Prefeitura de Curitiba anunciou, nesta quinta-feira (23), que vai aumentar o limite de renda das pessoas beneficiadas pelo programa Armazém da Família. Atualmente, pessoas que recebem até R$ 2.373 podem usufruir do programa, mas a partir de 1º de fevereiro, quem ganha até R$ 2.534 terá direito a fazer compras nos Armazéns.

A mudança é decorrente do aumento no valor do salário mínimo nacional, que subiu para R$ 724. O programa atende famílias que recebem até três salários mínimos e meio. Os Armazéns da Família oferecem alimentos e produtos de higiene e limpeza a preços mais baixos que os do mercado.

As famílias que têm mais de três pessoas podem comprar mensalmente até R$ 450. Já aquelas com até duas pessoas estão aptas a fazer compras de até R$ 300 por mês. Além de Curitiba, o programa também atende moradores de Almirante Tamandaré, Campo Magro, Agudos do Sul, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Cerro Azul, Fazenda Rio Grande e Mandirituba, que possuem 100 mil famílias cadastradas.

Novo horário

O atendimento ao público nos Armazéns será realizado em novo horário a partir do dia 4 de fevereiro. De terça a sexta o horário de atendimento será das 8h45 às 17h15 e aos sábados das 8h30 às 13 horas.

Fonte: G1PR