O presidente do Atlético Paranaense, Luiz Sallim Emed, explicou as saídas do atacante Walter, do meia Vínicius e do diretor de futebol, Paulo Carneiro. Segundo o dirigente, Walter não foi oferecido ao Goiás e o afastamento de Vinícius não tem relação com indisciplina ou outro problema extra-campo. A demissão de Carneiro, contou Emed, não tem relação com as saídas dos jogadores.

Clique aqui para ler a matéria completa
Fonte: Bem Paraná