Uma universidade particular de Curitiba foi condenada a demolir, em até 60 dias, parte de seu estacionamento, construído em uma Área de Preservação Permanente. A determinação judicial atende a uma ação civil pública por dano ambiental proposta pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente da capital, contra um campus da Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) instalado no bairro Mossunguê.

Clique aqui para ler a matéria completa

Fonte: Gazeta do Povo